Alertas importantes sobre as vacinas

Cumprir o calendário de imunização não é suficiente para garantir a proteção do pequetuxo e alguns alertas importantes devem ser considerados sobre as vacinas.

– O calendário é calculado para proporcionar proteção máxima ao pequeno e atrasos podem o deixar desprotegido, assim como antecipar a aplicação, que pode ser ineficiente se o sistema não estiver maduro.

– O bebê não deve ser vacinado se estiver com febre ou alguma doença mais grave, como infecção ou pneumonia. Entretanto, resfriados e alergias, por exemplo, não são motivos para adiar a imunização.

– Reação não é sinal de eficiência, e assim não se espera que nenhuma vacina dê sinais de que o sistema imunológico passou a produzir anticorpos contra a doença.

– Posto de saúde, clínica particular ou consultório de pediatria são os lugares recomendados para aplicar as vacinas, e cada um tem as suas vantagens. Nos postos, o custo é zero, enquanto nas clínicas costuma haver versões mais completas. Seja qual for a sua escolha, é importante que o local seja higienizado e fiscalizado pela Vigilância Sanitária.

– A combinação de diferentes imunizantes em uma única dose seja uma tendência, já que garante menos picadas e a mesma proteção que seu filho teria tomado cada uma individualmente.

– O objetivo da vacinação em massa é formar uma muralha de proteção imunológica para que, se alguém for contaminado fora do país, a doença não se espalhe. Desta forma, a participação de seu filho fica a seu critério, caso ele esteja com a vacinação em dia.

Fonte: Bebe.com.br

Nenhum Comentário

Faça um Comentário

Something is wrong.
Instagram token error.
Load More
Siga-nos no @Instagram